Como tirar foto de viagem sem viajar (?): fotografia dentro de casa na quarentena

Estudos indicam que 87% da população mundial adora tirar foto pra postar no instagram quando tá viajando.

“Que estudos são esses, minha filha?”

Os meus, e na real, eu não conheço esses 13% restantes que não gostam, mas deixei aí uma margem pro caso de existir.

Fato é que na quarentena, a sua possibilidade de fotografar em paisagens deslumbrantes pode estar prejudicada (a menos que sua sala seja um espetáculo), mas o seu gosto por fotografia e criar permanece.

Então, depois de um guia que ninguém pediu sobre como tirar fotos ruins em viagens (que se você ainda não leu,aqui), chegou a hora de compartilhar um tutorial que você queria menos ainda: como tirar fotos de viagens sem nem precisar viajar. É o cenário ideal: você fotografa, economiza e ainda evita pegar (e espalhar) coronavírus por aí, olha que beleza.

Como tirar foto de viagem sem viajar: fotografando em casa

Você não queria esse guia, mas até o fim dele vai pensar “nossa, viajar pra quê? vou sossegar o fogo de charmander no rabo e ficar em casa tirando foto”.

Vamos à dica 1:

View this post on Instagram

Tutorial para tirar fotos de viagens sem viagens: Durante a quarentena você pode substituir a água cor de caramelo das cachoeiras de Samaipata por um sofá caramelo na sala: dificilmente alguém vai notar a diferença. Caso tenha dificuldade em arranjar um tronco de árvore retorcido em sua casa – o que às vezes pode ser mesmo um pouco difícil – você pode sentar na parte de cima do sofá. Perceba como dá quase no mesmo. Envie sua resposta com sinceridade, por favor: se eu não falasse, você ia saber que essa segunda foto não foi tirada numa cachoeira da Bolívia? _ De bônus, sentar num sofá é de 70% a 198% mais confortável que num tronco (a depender do sofá, se for daqueles da fom o negócio pode ser 719% mais). Depois dessa quem quer viajar, nao é mesmo? Eu que não, aqui inclusive tem menos mosquito do que nesse lugar, tô bem aqui com meu sofá (ele é daqueles que afundam e fazem pooOOOof – mó barulhão – quando cê senta, sabe como?) _ Sosseguemos então nosso fogo de charmander no rabo e fiquemos em casa tirando fotos que ninguém poderia afirmar que não são na Bolívia (para mais fotos da Bolívia que serão simuladas em casa: #1viagem2visoesBolivia) _ (Em instantes posto o passo a passo em vídeo – atualizando: postei, tá no feed) #1quarentena2visoes

A post shared by Maria | 1 viagem, 2 visões (@1viagem2visoes) on

Na foto acima, como você pode ler na legenda, temos um claro exemplo de como ninguém precisa de uma cachoeira e um tronco de árvore pra nada, desde que tenha um sofá caramelo em casa.

Se seu sofá não for caramelo, coloque um lençol em cima. Não recomendo comprar um sofá novo só pra isso, até porque a pandemia também trouxe uma baita crise econômica e talvez seja melhor economizar no que não é essencial e a última vez que chequei, sofás caramelo não eram tão essenciais assim pra viver.

Aqui o  tutorial em vídeo caso a legenda não tenha sido clara o suficiente:

E assim passamos à dica 2:

Ideal para viajantes e também ciclistas que não aguentam mais ficar em casa, você pode substituir facilmente suas fotos na bicicleta lá fora por uma foto na bicicleta dentro de casa:

View this post on Instagram

Infelizmente tenho um total de 0,0 fotos andando de bicicleta pré-quarentena pra fazer o "fotos de viagem sem viagem" de hoje – talvez porque eu não saiba andar de bicicleta? Talvez, mas isso não vem ao caso _ Então o cosplay de hoje será de "moça da stock photo dando tchau na bike dela" (o que acabei de notar que totaliza 4 cosplays nesse feed: já foi de Spider Gwen, de ovo de Páscoa, de "eu mesma" e agora de "moça de stock photo". Se tiver alguma sugestão ainda mais aleatória pra dar, fique à vontade, porque minha meta é ir pro livro dos recordes como "pessoa que tava realmente muito à toa na quarentena e fez cosplay até de rocambole") _ Cabe ressaltar que a foto da direita é meramente ilustrativa, porque além de não saber andar de bike, não tenho o (admirável e saudabilíssimo) hábito de acordar cedo pra fazer exercício físico, e na real essa bicicleta tá aqui em casa porque, muito tempo atrás, alguém do prédio ia jogar no lixo (JOGAR NO LIXO, cê acredita nisso?) daí adotei a pobrezinha. Hoje ela tem um lar, é muito bem tratada – até porque ninguém senta nela – e agora serve como um belíssimo objeto decorativo já que nunca uso (mas também não vou jogar fora senão ela vai se sentir rejeitada duas vezes) _ E você, já fez algum exercício hoje? Já pegou algo que ia pro lixo? Já fez cosplay de coisas completamente aleatórias? Já adotou uma bicicleta e chamou ela de Arlinda? #1quarentena2visoes

A post shared by Maria | 1 viagem, 2 visões (@1viagem2visoes) on

No caso, eu sou uma farsante e nem sei andar de bicicleta, então andar na bicicleta em casa ainda é mais seguro em todos os aspectos: não pego coronavírus, não transmito pra ninguém e ainda não caio. Recomendo fortemente.

E falando em não cair, evite cair ao tentar a dica 3:

View this post on Instagram

Soluções para a quarentena – parte 4: durante esse período de isolamento necessário, você pode substituir a alegria de pular numa praia em Alagoas pela alegria de trocar uma lâmpada que estava muito fraca no quarto. Perceba como quase não faz diferença. De bônus, ao fim do processo seu quarto estará iluminado como uma praia do Nordeste, e subir escadas é um exercício físico tão bom quanto pular, que te proporcionará, além de muita alegria e uma iluminação melhor para a leitura, uma quarentena fitness. Recomendo _ Já trocou sua lâmpada alegremente fingindo que estava em São Miguel dos Milagres hoje? _ #1viagem2visoesAlagoas #1viagem2visoesQuarto Atualizando: nos stories tem (ou não, já pode ter sumido) a história por trás do que escondi na segunda foto #1quarentena2visoes

A post shared by Maria | 1 viagem, 2 visões (@1viagem2visoes) on

Pra seguir a dica 3 é bem verdade que você vai gastar em lâmpada, mas vai economizar substancialmente em uma viagem pro nordeste, o que torna a prática de “fotos de viagens sem viagens” mais segura pra sua saúde física e financeira.

Finalizo por aqui esse guia de fotografia de viagem caseira (depois vou atualizando conforme postar mais) e pra ver mais fotos de viagem sem viagem e outras coisas tão aleatórias quanto, fica à vontade pra seguir o 1 viagem, 2 visões no instagram se quiser.

View this post on Instagram

Soluções para a quarentena – parte 6: pra que mergulhar em águas caribenhas azuis, quentinhas e deliciosas quando a gente pode mergulhar em um edredom igualmente azul, igualmente quentinho e igualmente delicioso? _ (E na real o edredom é até mais quente porque – plot twist – a água no Caribe não é tão quente não, quentinha mesmo é a do Nordeste: vai, Brasil) _ Fora isso, é tudo tão absurdamente igual que te desafio, valendo 1 bala juquinha, a descobrir em qual foto eu tava no meu quarto e em qual foto eu tava em banho-maria numa praia em Aruba. Envie nos comentários e garanta já sua bala _ #1quarentena2visoes #1viagem2visoesAruba #1viagem2visoesQuarto

A post shared by Maria | 1 viagem, 2 visões (@1viagem2visoes) on

Se você se animar de fazer um abestalhamento desse também, me marca preu ver, que vou postando as pessoas corajosas que fazem nos stories! Até o próximo post!

Leia agora, se ainda não leu: Como tirar fotos ruins na viagem (porque as boas todo mundo acha que já tira)

9 “verdades cruéis” sobre o instagram (ou “como conseguir seguidores”)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s