Como é viajar para fazer concurso?

primeira vez que viajei pra fazer concurso foi – por falta de palavra que descreva mais acuradamente – uma titica. Fiquei tão nervosa por estar investindo tanto dinheiro naquele concurso (e viajando só pra isso, meu Deus), que na hora da prova eu gelei – e a gente sabe que ficar nervosa definitivamente não ajuda em prova nenhuma.

Basicamente, eu sentia uma pressão enorme olhando pra folha, que não me permitia nem raciocinar. Preencher meu nome já foi complicado. Quiçá marcar as respostas e escrever um parecer depois.

Então pensando no perrengue que todo concurseiro passa quando viaja pra fazer uma prova, decidi escrever esse guia, que esclarece: como é viajar para prestar concurso? Vale a pena em quais casos? Qual a melhor (e a pior) companhia aérea pra concurseiros? E dar umas dicas que me fizeram falta no começo (além de fazer você rir de mim cantando nessa paródia:).

View this post on Instagram

Acho que vou chamar essa paródia de "A triste história das pessoas que tem que viajar pra fazer concurso e se lascam muito até descobrirem que a @voegoloficial deixa remarcar quando provas são adiadas/canceladas e ainda oferece lanchinho no avião enquanto as outras companhias não te dão nem uma barra de cereal pra forrar o estômago" _ Mas não sei, parece meio grande o título _ Música original: Somewhere only we "Gol" – @keaneofficial _ #1viagem2canções #mochilaogol #Keane #somewhereonlyweknow #1viagem2visoes #vidadeconcurseiro #teenow #viajarbarato #atepassar #concurseiros #mochileiros #voegol #naestradacomasminas #cdz #sourbbv #mochileirosgrupofechado #concursopublico #voegoloficial _ Obrigada @joice.capistrano por me contar da quebrada de galho absurda que a Gol dá pros concurseiros e @belneto por me ajudar com o som da paródia 🙏

A post shared by Maria | 1 viagem, 2 visões (@1viagem2visoes) on

E a primeira dica, apesar de meio óbvia, é a mais importante pra você tomar logo a decisão de viajar pra fazer sua prova…

O edital saiu hoje? Então pesquisa as passagens hoje. Para de se sabotar!

Deixar pra depois só vai te fazer desistir, quando descobrir que a passagem ficou muito mais cara.

Se você realmente quer fazer aquele concurso, tem condições de comprar aquela passagem, e sente que poderia passar, compra logo.

Infelizmente as passagens pra cidade do concurso não vão ficar mais baratas com o tempo. Então essa sua decisão de deixar pra pesquisar depois pode ser só sua tendência à autossabotagem.

Na verdade, a tendência é que as passagens encareçam rapidamente (e muito) por conta da oferta e procura de outros concurseiros que também pretendem viajar pro local.

E concurseiro é um bicho decidido, você sabe. Eles já devem estar comprando a passagem enquanto você tá refletindo se vai ou não vai. Você provavelmente vai se surpreender quando perceber a quantidade de gente que viajou junto contigo pra fazer aquela prova. Só no teu avião vão ter uns 7 concurseiros – e no outro, que saiu minutos antes, tinha mais 9 (isso já me aconteceu).

Então não adianta esperar muito, torcer por uma promoção incrível ou coisa do tipo. Até porque o período entre edital e prova costuma ser curto. Se você encontrar passagens a preços que pareçam bons (ou aceitáveis/”pagáveis”) pra cidade da prova, já reserva com antecedência.

E falando em reservar com antecedência…

Onde se hospedar quando a gente viaja para fazer concurso?

O ideal seria esperar a confirmação de local de prova, certo?

Mas aí tenho que te lembrar de outra notícia ruim: geralmente só confirmam os locais de prova em cima da hora. Mais especificamente, por volta de 1 semana antes do concurso.

E aí o que acontece? Os preços dos hotéis também ficam exorbitantes. Os quartos vão lotando com o tempo – outros concurseiros, lembra? Além dos turistas.

Logo, uma solução é reservar também com antecedência, e optar por hotéis que tenham uma política de cancelamento flexível. Você pode pesquisar no Booking aqui, e analisar quando hotéis dizem “Cancelamento grátis” ou “Sem reembolso” na descrição da tarifa.

Geralmente as tarifas que permitem “cancelamento grátis” são um pouco mais caras. Mas vale mais a pena reservar essas, do que descobrir depois que seu concurso foi cancelado, ou a data foi modificada, ou que seu local de prova é beeem longe do hotel, e não vai dar pra ficar nele.

Outra dica, especialmente se seu concurso for em cidades grandes e “cobiçadas”, como São Paulo, é se hospedar em hotéis próximos ao metrô. 

Sério, não confie em uber e táxi pra resolver seus problemas no dia do concurso. Essa é uma das dicas mais importantes aqui.

Já viajei pra São Paulo pra fazer concurso, e no dia da prova tinha tanta gente lá fazendo exatamente a mesma coisa, que não teve uber e táxi suficiente pra todo mundo, e consequentemente os carros disponíveis começaram a cobrar uma fortuna – e o trânsito a ficar insano, claro.

É importante lembrar que é realmente muita gente indo fazer o concurso ao mesmo tempo.

Se até você que mora longe se dispôs a fazer a prova, imagina todo mundo que mora lá?

Como ficar menos nervoso quando a gente viaja pra fazer concurso?

Não vou “florear” muito sua situação: o investimento financeiro que se faz pra concursos em outros estados é algo realmente pesado. Chega a doer mesmo. Além de pagar a inscrição (que em regra já é uma facada), você tem que pagar a passagem, a hospedagem, o transporte e a alimentação na outra cidade.

Daí quando você pensa na quantidade de dinheiro e tempo investido pra fazer um concurso em outra cidade, o nervosismo já vem com tudo. E esse nervosismo, tão maior do que o normal em concursos em outro estado – com o perdão da palavra – caga tudo na hora da prova.

Então o ideal seria: não pense tanto nisso. Mas nada “ideal” existe, e até parece que a gente consegue controlar esse pensamento inevitável.

Daí outra solução que eu descobri foi: já parou pra pensar que quando você viaja a turismo não fica tão nervoso assim? No máximo é aquele nervosinho bom, de ansiedade, de planejamento todo empolgado pra conhecer alguns lugares.

Então uma dica boa é, se possível, enxergar sua viagem como algo que te propicie prazer também. Conhecer um lugar diferente nunca vai ser desperdício de tempo e dinheiro. Correr atrás do concurso que você quer passar, menos ainda.

O principal pra não ficar nervoso quando a gente viaja pra concurso é se livrar dessa visão de “dinheiro jogado fora”, e enxergar como dinheiro investido no seu futuro – e se possível, invista o mesmo dinheiro em você, no seu lazer e saúde mental também.

Se você tiver condições, estenda um pouquinho a viagem, de modo que te permita conhecer algum lugar naquela cidade.

Muitas vezes alongar a estadia também torna as passagens mais baratas. E aí você já mata 3 problemas num só: economiza na passagem, conhece um lugar que pode ser bem bacana, e fica menos nervoso, porque também vai enxergar um lado prazeroso – e não só a pressão – da viagem.

Claro, isso eu digo por mim. Tem muita gente que vai viajar pra fazer concurso e não vai sair do quarto do hotel nem antes e nem depois da prova. E essas pessoas vão ser aprovadas também.

Mas se você é uma pessoa que, como eu, fica muito nervosa nessa situação (eu fico uma pilha de nervos), pensando em todo dinheiro que você teve que investir, talvez relaxar e curtir o local possa te ajudar mais do que atrapalhar.

Aqui eu definitivamente não estou falando de ir pra balada na véspera da prova (aliás, eu recomendo que você NÃO faça isso). Estou falando é de separar uma listinha pequena, com alguns lugares que você gostaria de conhecer após a prova, ou talvez ir passear um pouquinho no dia anterior (preferencialmente de dia mesmo), em algum lugar bacana ali por perto – priorizando descansar à noite e dormir cedo.

Assim você vai ter uma visão mais otimista da viagem. Vai enxergar a viagem como algo agradável, e não como uma obrigação extremamente custosa e que te pressiona.

Consequentemente, vai ficar menos nervoso.

E já parou pra pensar que viajar realmente é algo bom? Se você focar nisso, talvez se sinta melhor.

Quando eu não devo viajar pra fazer concurso?

Isso é uma questão tão pessoal que acho até arriscado dar qualquer pitaco, porque olha só: sua situação financeira pode estar extremamente apertada, mas fazer aquele concurso pode te ajudar a sair da situação difícil, se você passar. E a única certeza que temos é que você só não vai passar no concurso se não for lá tentar.

Nessas horas cabe aquela frase “o não você já tem“.

Já sobre “não se sentir preparado o suficiente pra viajar pra prestar concurso”, já percebeu que ninguém nunca se sente preparado o suficiente?

Às vezes pessoas que estudam por 7 anos ininterruptos não se sentem preparadas o suficiente. Às vezes pessoas que estudam por 11 anos não passam numa prova. E às vezes pessoas que estudam por 1 ano, passam.

Enfim, no mundo dos concursos tem de tudo, desde fórmulas infalíveis pra uns e extremamente falíveis pra outros, casos de sucesso após muitas batalhas, casos de sucesso após poucas batalhas… mas você só tem certeza que não vai passar naquele concurso dos seus sonhos em outro estado, se você não fizer.

E aqui cabe uma observação: se seu objetivo é a Procuradoria Geral do Estado ou PGM, por exemplo, viagens podem ser necessárias, já que esses concursos só abrem no nosso próprio estado e cidade uma vez a cada eclipse.

Em síntese: avalie se aquele é realmente o concurso que você quer (é muito dinheiro investido pra você ir “na dúvida se é isso que quer mesmo”), se aquela prova é seu foco, e vá (ou não vá).

“É o concurso dos meus sonhos em outro estado – mas eu tenho pânico de avião!”

Então se for possível, vá de ônibus. Carro. Navio. Balão. Bicicleta. Vá naquele cachorro voador branco gigante de “História sem fim”. Mas vá.

“Não dá pra ir de ônibus, e não tenho cachorro branco de História sem fim!”

Então leia: Como perder o medo de avião. Eu também tinha medo, e escrevi essas “dicas pra perder o medo” mais pra me ajudar do que qualquer coisa. Funcionou. Vai funcionar com você também.

Na verdade, eu ainda tenho medo lá no fundo, mas viajo mesmo com ele.

Qual a companhia aérea mais indicada em casos de viagem só pra fazer concurso?

Dizem que é errando que se aprende, e isso vale tanto pra fazer simulado de concurso quanto pra escolher a companhia aérea.

E foi errando que eu aprendi que a LATAM, por exemplo, não é uma companhia aérea tão boa pra concurseiro.

Apesar de usar a LATAM com frequência (e costumo gostar, sou LATAM fidelidade, como falei nesse guia de “Como raios viajar com milhas), já tive muito problema viajando pra concurso com ela.

Motivos: a companhia é inflexível na remarcação de vôo, mesmo se você explica que vai viajar a concurso e seu concurso foi cancelado ou remarcado. Além disso, os atrasos são muito constantes. E a companhia não dá nem um lanchinho no avião, disponibilizando só um “mercado LATAM”, onde você tem a incrível oportunidade de pagar uma fortuna em 1 pão de queijo com 1 coca cola.

Foi aí que uma amiga, também concurseira e mais experiente, me indicou que a melhor companhia aérea pra quem vai fazer concurso é a Gol, e que ela só costuma viajar de Gol mesmo. Olha que eu nem tô sendo paga pra contar isso (nem pela paródia – bem que gostaria, aliás).

Mas enfim, parece que a Gol permite até que você cancele passagens sem problemas se estiver viajando apenas pra prestar concurso e comprovar que seu concurso foi cancelado. Ou seja, é uma baita mão na roda pra concurseiro. Eu não tenho nem como não recomendar. E a companhia também costuma dar um lanchinho, como cantei na paródia lá em cima. Outra mão na roda, pros concurseiros e pros famintos.

Sua vez: qual sua opinião (ou experiência) sobre viajar pra fazer concurso em outro estado ou cidade?

Já viajou pra fazer concurso? Se identificou com a paródia lá em cima? Viajaria de novo ou tá pensando em viajar pela primeira vez? Fica à vontade nos comentários!

E até o próximo post! Siga o 1 viagem, 2 visões nas redes sociais e leia também: Como tirar fotos ruins na viagem (porque as boas todo mundo acha que já tira).

 

 

2 comentários sobre “Como é viajar para fazer concurso?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s