Como conciliar o amor por viajar com o medo de avião?

Acho que no fundo escrevi esse texto pra mim.

Porque apesar de gostar de viajar mais do que gosto de brigadeiro meio queimado (gosto mesmo quando o brigadeiro queima um pouquinho, sério), eu não fico tão zen durante vôos.

Maaaas tem algumas coisas que quando penso ou faço, me tranquilizam bastante em viagens de avião.

Então vou listar elas aqui, e espero que sejam úteis a alguém que embora ame viajar, não ame tanto aquela sensação que bate quando um avião começa a fazer barulhos esquisitíssimos e chacoalhar mais do que a Shakira enquanto cruza os Andes.

1. O avião é um meio de transporte incrivelmente seguro – mas vamos colocar isso em fatos e números

A primeira coisa que é importante colocar na cabeça, é que o avião é o meio de transporte mais seguro desse mundo. Reza a lenda que ele perde só pro elevador, então essa é uma boa notícia também pra quem tiver medo desse outro.

por do sol entre as nuvens medo de viajar de aviao
mas do elevador você não consegue ver o pôr do sol entre as nuvens

Mas quão seguro ele é?

Uma das principais razões pelas quais admiro quem é de exatas (eu não sou), é que nessa área não tem tanto “depende” ou “pode ser”.

Quando alguém pergunta “quanto é 25+10”, ninguém chega respondendo com “há divergência doutrinária sobre o assunto” e citando “5 correntes possíveis” pra resolver a questão. Nem te respondendo com outra pergunta, como “mas você quer saber quanto é 25+10 de acordo com a jurisprudência do STF ou do TJ do Rio de Janeiro?”

E os números que nos mostram que o avião é um meio de transporte incontestavelmente seguro são os seguintes:

1.1. A chance de morrer em um acidente de avião é de 1 em 9 milhões.

Basicamente é muito (mas MUITO) mais provável que você morra de ataque cardíaco (1 chance em 300), câncer (1 chance em 509), andando de bicicleta e até em um terremoto. E tenho certeza que nem por isso você deixa de ir em churrascos e comer nutella (peço desculpas por dar essa notícia trágica pra quem ainda não sabia que nutella lasca muito o coração).

Você também nem parou de mergulhar o sushi no shoyu e lembra de passar protetor solar toda vez que sai de casa – o câncer de pele atinge 200.000 pessoas no Brasil a cada ano, que é mais do que qualquer avião, até um todo cacarecado da Air Koryo, em muitas décadas.
Também não deve ter largado a bicicleta de lado, e nem desistido de ir pro Japão ou pro Chile.

Logo, deixar de andar de avião por medo de morrer faria muito menos sentido do que parar de pedir pizza de calabresa pro resto da vida, e passar a só negar convites pra churrascos a partir de hoje. (fonte)

1.2. Quando um acidente acontece, o que já é absurdamente raro, 95,7% das pessoas sobrevivem. (fonte)

E juntando esses dois últimos dados, temos que…

1.3. Se você quisesse ter “certeza” de que morreria em um acidente de avião, precisaria voar todos os dias, durante 10 mil anos, de acordo com cálculos estatísticos – e esses não sou eu que tô inventando. (fonte)

2. Onde é melhor sentar no avião quando se tem medo?

Pra sentir menos qualquer possível turbulência, o mais indicado é sentar na asa.

Eu sei que a asa pode estragar sua foto lá de cima ocupando 80% dela, mas pra quem realmente sente pavor, a verdade é que nem dá vontade de enfiar a cara na janela pra  ver nada, quanto mais tirar foto, então isso é o de menos.

Além da asa, outra coisa recomendada é sentar no corredor, porque assim você se sente mais livre pra eventuais caminhadas, alongamentos, idas ao banheiro e vai se sentir ainda mais seguro, mesmo SE algo acontecesse (mas não vai acontecer).

Isso porque algumas estatísticas também indicam que a forma mais fácil de sobreviver em um avião quando ocorre um acidente, é sentando no corredor mesmo.

Mas pera, não tô falando que se sentar na janela você não vai sobreviver, só que sentar no corredor facilita ainda mais sua ida pras saídas de emergência e afins.

E por falar em saídas de emergência…

3. Lembra que SE o avião caísse, ainda assim você não morreria

Na pior e mais improvável das hipóteses, vamos supor que seu avião está prestes a cair. Então vamos falar sobre isso, porque também é importante falar sobre o que fazer nessas horas.

Como eu disse lá no tópico 1.2, um avião (quase) nunca cai, e QUANDO cai, em regra ninguém morre, ainda mais se toda a tripulação seguir os procedimentos de segurança que os comissários, a tv e as revistas na poltrona ensinam.

Parece, aliás, que o maior problema é esse: quase ninguém presta atenção. Você já deve ter reparado. Enquanto um comissário se esgoela lá na frente com cara de “chuinf, não tem ninguém me olhando :(“, todo mundo tá tentando descobrir como funcionam os botões da tv, ou lendo uma revista de “Descubra o Equador”.

E quando uma única pessoa não presta atenção, ela já pode atrapalhar as outras sentadas na fileira dela, por exemplo, por não saber como agir ou pra onde se direcionar durante uma emergência.

Então não seja uma dessas pessoas, e deixe um comissário feliz prestando atenção nas informações úteis que ele passa.

Você sabia que, por exemplo, quando você veste o colete salva-vidas, não deve nunca inflar ele dentro do avião, e sim só quando sair dele?

E você faz a contagem de a quantas poltronas de distância está a saída de emergência mais próxima do seu assento?

4. Verifique os modelos de aviões disponíveis no seu vôo.

Aviões são como pedaços de Tiramisu: quanto maiores, melhor a experiência.

Então, se possível, escolha voar em modelos maiores mesmo. Quando pesquisar as passagens, clique para ver mais informações sobre o vôo, e pesquise os aviões que farão o trajeto. Um avião grandão é, por exemplo, menos vulnerável às possíveis turbulências.

medo de aviao o que fazer qual aviao é o mais seguro.jpg
Papai e filhinho (foto daqui)

Mas mesmo encarando qualquer turbulência, é bom lembrar que não precisa se assustar com elas (“fácil falar, né, palhaça!”), já que isso é algo normal em vôos, e vai passar.

Sua maior preocupação durante uma, deve ser só não deixar o café pular do seu copo na pessoa do lado

5. Você pega ônibus, carro, metrô e elevador com frequência e tá vivão.

Com essa informação eu não quero te estimular a ter crises de pânico quando a porta do metrô fecha, e sim te tranquilizar quando um avião decola.

Aviões são mais seguros do que todos esses meios de transporte aí, e você pega todos eles com muito mais frequência. E tá vivo, até onde tudo indica.

Pensar nisso funciona pra mim, quando eu começo a ouvir alguns barulhos meio esquisitos (e muitas vezes assustadores) no avião.

por do sol entre as nuvens no aviao
não parece uma alpaca essa nuvem? ou um poodle?

Basicamente nessas horas de barulhos que a gente não entende, o ideal a se pensar é “eu não sei que barulho é esse, até porque eu não entendo nada de avião mesmo”, e não “esse barulho certamente indica que morrerei em 40 segundos”. Porque, afinal… a gente realmente não entende muito de avião.

Se entendesse, ia captar e oficialmente absorver aquela informação lá no começo, sobre ele ser um meio de transporte absurdamente seguro.

6. SE seu avião cair, você pode ganhar na loteria ao sobreviver

Ok, esse aqui é um ponto meio macabro de se tocar, mas agrega a todas as outras informações listadas: se a probabilidade de um avião cair é tão baixa e a de morrer num acidente desses é ainda menor, isso significa, basicamente, que você deveria aproveitar e jogar na loteria antes da sua viagem.

Se você estiver duvidando que acidentes de avião são tão (na verdade mais) improváveis quanto ganhar na loteria, lá vai: um sobrevivente (Mohamed Basheer Abdul Khadar), de fato jogou na loteria no aeroporto de Dubai, momentos antes de seu avião cair… e ganhou (fonte).

7. Ouça música durante a viagem

Ouvir música é a melhor coisa pra transformar sua experiência de voar em algo mais prazeroso. E isso vale até pra quem não tem medo nenhum.

Primeiro porque música já é uma delícia, e segundo porque ainda abafa qualquer possível barulhinho (ou te distrai de alguma movimentação) que possa assustar.

Aqui acho que cabe tanto música relaxante – que vai acalmar nossos coraçõezinhos durante turbulências – quanto músicas incrivelmente empolgantes, que vão nos fazer lembrar de todas as coisas boas que nos esperam no destino e sonhar acordado com mil momentos bacanas ao invés de focar em barulhos. Vale também até ouvir mantra “Om”.

Coloca o celular no modo avião, dá play na música que te deixa feliz, e vai ficar tudo bem.

Espero que o texto tenha sido útil pra alguém, e se você gostou, ficou com alguma dúvida ou viu algum outro animal nas nuvens, pode mandar nos comentários!

Siga também o 1 viagem, 2 visões no facebook e no instagram: a gente promete que não deixa ninguém com medo de voar por lá!

 

13 comentários sobre “Como conciliar o amor por viajar com o medo de avião?

  1. Se eu tenho medo de voar? Simmmm… Mas penso o seguinte: só de avião eu posso chegar aos lugares mais maravilhosos do mundo e como quero conhece-los, então eu “engulo choro” e vou em frente. E eu tenho algo que me ajuda muito. Como vivo com sono, acho que tenho sono atrasado de outras vidas, é só entrar, sentar, o avião subir eu já começo a “pescar” e logo durmo! Inclusive, já perdi o serviço de bordo várias vezes por conta disso 😦
    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

    1. Que delícia dormir em vôo! Aí cê não sente tensão nenhuma durante a viagem, e já acorda descansada no lugar! hahaha
      Só é ruim por perder o serviço de bordo mesmo… (mas a depender da companhia aérea, só tá perdendo uma barra de cereal dura e um copo d’água)!
      Muito obrigada pelo comentário, beijo!

      Curtido por 1 pessoa

  2. Adorei o texto super bem humorado, mas é bem isso mesmo. Eu particularmente considero que não tenho medo e acho divertido o friozinho que dá na barriga nas turbulências mais fortes, mas sempre rola uma leve apreensão na hora do pouso.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s